Boas-Vindas

Amigos,
Esta é uma net-expressão da
QUINTA DA BORRACHA, vocacionada para os que têm a felicidade de a conhecer, e não só..., que permite partilhar e divulgar as suas actividades e belezas naturais, comentar assuntos e publicar intervenções.
Um local livre, que não faz bem nem mal, antes pelo contrário, mas que pode dar muito ... tanto quanto todos quisermos dar.

Todas as fotos de natureza foram obtidas na própria Quinta
Convido-vos à leitura ansiolítica e ao comentário...

domingo, 14 de outubro de 2007

Do sítio da Semineira

Recebi como comentário do amigo Margarido um poema sobre a Quinta, que não posso deixar de publicar.

Homem de muitos talentos, dos quais a pouco e pouco em posteriores artigos irei dando nota , amigo de sempre, companheiro nos vários papéis e vertentes que a vida nos tem proporcionado...

"DO SÍTIO DA SEMINEIRA ...

Vemos despontar um novo dia
Na luz e na cor do Sol Nascente
E pintar os montes a cor de fogo
Na despedida do Sol Poente

Vêem-se vinhedos e pomares,
Na verde paisagem, desenhados
Como quadros de pintores anónimos
No azul do céu emoldurados

Ouvem-se os melros no seu cantar
E abelhas zumbindo às flores
Mais além dois pássaros trinando
Proclamam ao mundo os seus amores

À noite escuta-se uma guitarra
Na nostalgia de uma balada
E na voz do cantor solitário
Ouvem-se versos à sua amada

A Lua Cheia tem outra mística
E as estrelas são mais brilhantes
Comunga-se a paz da natureza
No amor eterno dos amantes

Para os amigos da quinta da Borracha, na Semineira, com um grande abraço
Margarido Reis
13/10/2007
P.S. Os deuses só moram no Olimpo, porque, ainda, não descobriram este lugar"

1 comentário:

maremoto disse...

Que Alá, grande e misericordioso, proteja o Margarido, que tem um caderno de poemas para editar. Edições Semineira, vamos tertuliar o poeta cantador popular com uma sala cheia de margaridas (gajas boas, já se vê) e muito vinho tinto.